Drácula sob novas perspectivas

Em homenagem ao Halloween, o professor Pedro Leão, de Artes, realizou uma palestra aberta a todos os alunos sobre o icônico Drácula. A apresentação contou com vídeos filmados por ele na Romênia e encenações interpretadas por ele e pelo aluno Leonardo Milani, da 1.a série.

12271492_1104136069605753_749170145_o

Este foi o 2.o ano consecutivo em que a palestra aconteceu e reuniu estudantes principalmente do 9.o ano. A ideia de realizar a atividade veio a partir dos estudos e pesquisa do famoso príncipe Romeno, que acabou por virar personagem de Bram Stoker, que o professor de artes fez durante seu mestrado na Inglaterra. “ Eu viajei para a Romênia, fui procurar os castelos dele e fiz uns vídeos sobre essa viagem”, contou Pedro. “Eu brinco até que eu fiz um mestrado em artes e outro em Drácula”, comentou.

12315048_1104136059605754_872743886_o

O evento trouxe diferentes perspectivas tanto sobre o príncipe, que de fato existiu, quanto do vampiro criado pela Literatura. Nas falas, vídeos e interpretações do professor, foi abordado Artes, História, Geografia e Português. “ Isso gerou um interesse muito bom nos alunos, ficou um formato divertido para eles assimilarem um conhecimento”, declarou Pedro.

12299482_1104136066272420_1689756284_o

A expectativa é que todos os anos ocorra uma palestra relacionada ao Halloween para lembrar esta data, que segundo o professor pode ser muito explorada pelas Artes. Entre as sugestões dadas pelos alunos para as próximas edições estão o Frankenstein, personagem de Mary Shelley, e Zumbis.

Bate-papo com o autor do livro “Ifá, o Adivinho”

ArquivoExibir

A equipe de Artes do Colégio Bandeirantes convida pais, alunos dos 7.os anos e outros convidados a participarem de um Bate-Papo com Reginaldo Prandi, autor do livro “Ifá o Adivinho”, lido pelos alunos no primeiro bimestre nesta sexta-feira, dia 15/05.

O evento complementa uma série de atividades desenvolvidas com os alunos e oferece a oportunidade do contato direto com este importante autor, professor do departamento de Sociologia da USP e cuja obra tem sido lida no Brasil e na Europa.

Para participar, é necessário enviar um e-mail para paula.moraes@colband.com.br informando o número total de participantes. Os livros poderão ser levados para receberem um autógrafo do autor. Vagas limitadas!

HORÁRIO e LOCAL
Dia 15/05
SEXTA-FEIRA, das 19h às 21h (previsão)
Colégio Bandeirantes, Sala A31

Programação do MUBE

A exposição “As meninas do quarto 28″, em cartaz no MUBE – Museu Brasileiro da Escultura até dia 29 de junho, apresenta em sua programação duas atividades imperdíveis no dia 04 de junho.

04/06 – 16h – Visita orientada com as arte-terapeutas Selma Ciornai e Gladys Ajzenberg e com o coordenador de projetos educativos do MuBE , Murilo Kammer.

04/06 – 19h – Mesa-redonda coordenada por Selma Ciornai com profissionais de quatro instituições brasileiras especializadas em arteterapia: Claudia Vidigal, do Instituto Fazendo História (SP); Fabiana Geraldi, do projeto social Eu Sou (RJ); SirleyTanure, do Hospital oncológico GPAEAV/UFPB (PB); Michelle Barros e Bruna Domenico, do CNRVV/Butantã (SP).

Atividades gratuitas

Credito_FSB_COMUNICACOES-450x337

Erika Stranska, uma das meninas judias que viveram no Quarto 28, em fotografia do álbum da família poucos meses antes da guerra.

Colagem de Erika Stránská, garota presa em campo de concentração nazista (Foto: Divulgação)

COLAGEM DE ERIKA STRÁNSKÁ, GAROTA PRESA EM CAMPO DE CONCENTRAÇÃO NAZISTA (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Inscrições: producao@mube.art.br ou 2594-2601 ramal 20

Visitas orientadas com a Ação Educativa

23/05 – 10h às 12h
Visita orientada com EducaMuBE
Máximo 20 pessoas

Inscrições: producao@mube.art.br ou 2594-2601 ramal 20

24/05 – 10h às 12h
Visita orientada com EducaMuBE
Máximo 20 pessoas

Inscrições: producao@mube.art.br ou 2594-2601 ramal 20

04/06 – 10h às 12h
Visita orientada com EducaMuBE
Máximo 20 pessoas

Inscrições: producao@mube.art.br ou 2594-2601 ramal 20

Erika_Stranska-910x700

Colagem e guache de Erika Stranska, 1928.

Erika_Stranska_vaso-879x1200

Colagem e guache produzido por Erika Stranska, 1928.

Erika_Stranska_rabino-910x677

Aquarela de Erika Stranska, 1928.

                                                                                           

Serviço

Curadoria: Roberta Alexander Sundfeld
Data:23 de maio a 29 de junho (terça a domingo)
Horário: 10h às 19h
Museu Brasileiro da Escultura
Avenida Europa, 218 – São Paulo (Estação de metrô mais próxima: Consolação)
(11)2594-2601
mube@mube.art.br

Entrada: Gratuita
Classificação: Livre

Projeto aprovado pela Lei Rouanet – Pronac 13203-3 – artigo 18 publicado no Diário Oficial no dia 28 de maio de 2013.

Informações para a imprensa:

FSB Comunicações – (21)3206-5050
Carolina Sales – carolina.sales@fsb.com.br
Suzana Wester – suzana.wester@fsb.com.br

Saiba mais sobre a exposição

http://mube.art.br/expos/as-meninas-do-quarto-28/

http://revistagalileu.globo.com/Cultura/noticia/2014/05/desenhos-de-criancas-que-viveram-em-campo-de-concentracao-nazista-sao-exibidos-em-sp.html?fb_action_ids=10154148332350346&fb_action_types=og.likes&fb_source=other_multiline&action_object_map=%7B%2210154148332350346%22%3A691228927593663%7D&action_type_map=%7B%2210154148332350346%22%3A%22og.likes%22%7D&action_ref_map=%5B%5D

Hoje – Arte Terapia em Mesa-redonda no MUBE

meninas

A exposição “As meninas do quarto 28″, em cartaz no MUBE – Museu Brasileiro da Escultura até dia 29 de junho, apresenta em sua programação duas atividades imperdíveis no dia 04 de junho.

04/06 – 16h – Visita orientada com as arte-terapeutas Selma Ciornai e Gladys Ajzenberg e com o coordenador de projetos educativos do MuBE , Murilo Kammer.

04/06 – 19h – Mesa-redonda coordenada por Selma Ciornai com profissionais de quatro instituições brasileiras especializadas em arteterapia: Claudia Vidigal, do Instituto Fazendo História (SP); Fabiana Geraldi, do projeto social Eu Sou (RJ); SirleyTanure, do Hospital oncológico GPAEAV/UFPB (PB); Michelle Barros e Bruna Domenico, do CNRVV/Butantã (SP).

Atividades gratuitas

Credito_FSB_COMUNICACOES-450x337

Erika Stranska, uma das meninas judias que viveram no Quarto 28, em fotografia do álbum da família poucos meses antes da guerra.

Colagem de Erika Stránská, garota presa em campo de concentração nazista (Foto: Divulgação)

COLAGEM DE ERIKA STRÁNSKÁ, GAROTA PRESA EM CAMPO DE CONCENTRAÇÃO NAZISTA (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Inscrições: producao@mube.art.br ou 2594-2601 ramal 20

Visitas orientadas com a Ação Educativa

23/05 – 10h às 12h
Visita orientada com EducaMuBE
Máximo 20 pessoas

Inscrições: producao@mube.art.br ou 2594-2601 ramal 20

24/05 – 10h às 12h
Visita orientada com EducaMuBE
Máximo 20 pessoas

Inscrições: producao@mube.art.br ou 2594-2601 ramal 20

04/06 – 10h às 12h
Visita orientada com EducaMuBE
Máximo 20 pessoas

Inscrições: producao@mube.art.br ou 2594-2601 ramal 20

Erika_Stranska-910x700

Colagem e guache de Erika Stranska, 1928.

Erika_Stranska_vaso-879x1200

Colagem e guache produzido por Erika Stranska, 1928.

Erika_Stranska_rabino-910x677

Aquarela de Erika Stranska, 1928.

                                                                                           

Serviço

Curadoria: Roberta Alexander Sundfeld
Data:23 de maio a 29 de junho (terça a domingo)
Horário: 10h às 19h
Museu Brasileiro da Escultura
Avenida Europa, 218 – São Paulo (Estação de metrô mais próxima: Consolação)
(11)2594-2601
mube@mube.art.br

Entrada: Gratuita
Classificação: Livre

Projeto aprovado pela Lei Rouanet – Pronac 13203-3 – artigo 18 publicado no Diário Oficial no dia 28 de maio de 2013.

Informações para a imprensa:

FSB Comunicações – (21)3206-5050
Carolina Sales – carolina.sales@fsb.com.br
Suzana Wester – suzana.wester@fsb.com.br

Saiba mais sobre a exposição

http://mube.art.br/expos/as-meninas-do-quarto-28/

http://revistagalileu.globo.com/Cultura/noticia/2014/05/desenhos-de-criancas-que-viveram-em-campo-de-concentracao-nazista-sao-exibidos-em-sp.html?fb_action_ids=10154148332350346&fb_action_types=og.likes&fb_source=other_multiline&action_object_map=%7B%2210154148332350346%22%3A691228927593663%7D&action_type_map=%7B%2210154148332350346%22%3A%22og.likes%22%7D&action_ref_map=%5B%5D

Denis Vialou (Paris) falará sobre pintura pré-histórica e o filme Caverna dos Sonhos Esquecidos

Os amantes da arte não podem perder o evento da próxima sexta-feira, às 13h30, na A31: o Band receberá, pela segunda vez, a visita do conceituado pesquisador do Museu Nacional de História Natural de Paris, Denis Vialou, que vem ao Colégio para expor alguns excertos e conversar um pouco com os alunos sobre o filme “Caverna dos Sonhos Esquecidos”, de Werner Herzog.

Durante o evento os presentes poderão refletir de uma forma diferente sobre a interpretação de símbolos na pintura pré-histórica, baseando-se nos desenhos expostos no interior da Caverna de Chauvet, no sul da França, onde se encontram os mais antigos desenhos rupestres,

Before financial: many Venus… Thought viagra online my is THE But using.

datados de cerca de 32 mil anos de idade. A caverna reúne desenhos intocados e surpreendentemente realistas de cavalos, bois e leões, que por um momento ganham vida pela luz das tochas.

 

Trata-se de uma oportunidade única de conhecer um pouco mais sobre os primórdios da arte, além de possibilitar o contato com um profissional extremamente capacitado no ramo da arte e museologia. Não perca essa chance e compareça!

A visita do professor Vialou é resultado de um esforço conjunto dos departamentos de Artes e Cultural do colégio.

Palestra e noite de autógrafos com Thais Rodegheri Manzano

Artimanhas da Ficção – ENSAIOS DE LITERATURA

Oito ensaios fazem uma introdução compacta e dinâmica à obra de Cervantes, Oscar Wilde, Stendhal, Virginia Wolff, Thomas Mann e outros gigantes da literatura mundial. Por que clássicos como Dom Quixote, Madame Bovary e Morte em Veneza são imperdíveis? Por que personagens como Gregor Samsa (de Kafka), Raskolnikov (de Dostoievski), Werther (de Goethe) ou Dorian Gray (de Oscar Wilde) deixaram suas marcas na cultura, na vida social e no dia-a-dia do mundo à nossa volta? É porque a literatura não é apenas um bom enredo que desliza ao ritmo de frases bem feitas. Muito além disso, trata-se de uma fantástica viagem de descoberta sobre a aventura humana – uma descoberta que só pode nos enriquecer. Para buscar respostas para questões como essas, este livro reuniu ensaios da professora de literatura Thais Rodegheri Manzano, nos quais a vida dos autores, os dramas da sociedade da época, a arte e a história se mesclam para ajudar a desvendar as artimanhas da ficção.

Thais Rodegheri Manzano é jornalista, escritora, tradutora e professora de História da Literatura no curso de pós-graduação em História da Arte da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), em São Paulo. Além de Artimanhas da ficção, é autora de E se a literatura se calasse?, ambos pela Terceiro Nome, e, entre outros textos, das biografias Schumann e Chopin, para a Editora Nova Cultural, e tradutora de Leonardo da Vinci, de Kenneth Clark, para a Ediouro.

Palestra
Data: 03 de outubro de 2012
Horário: 19h00 – 22h00
Local: Sala A31

Os livros “Artimanhas da Ficção: Ensaios de Literatura” e “E se a Literatura se Calasse?” podem ser comprados com 30% de desconto no site www.terceironome.com.br . Basta inserir o código TN30201210 no carrinho de compras. Quem preferir, poderá adquirir os livros no local da palestra a partir das 18h00 (pagamento em cheque ou dinheiro).

Inscrições

Reserve sua vaga. Inscrições no link: clique aqui para fazer sua inscrição

Tarsila por Tarsila – não perca essa palestra no Band!

             

A autora Tarsila do Amaral e  o autorretrato de sua tia avó, Tarsila do Amaral, de 1923.

Tarsila do Amaral palestrará no Colégio Bandeirantes sobre a obra de sua tia-avó, Tarsila do Amaral, tema de seu livro mais recente. Todos os baús da família, caixas e gavetas foram abertos, mexidos e remexidos. Durante cinco anos, mais de 15 entrevistas com familiares e amigos próximos foram realizadas, cursos de História da Arte, arquivos de jornais e revistas pesquisados. O livro retrata de forma simples o dia a dia da pintora, ora humanizando o mito – expondo seu olhar caipira sobre Paris, por exemplo, – ora mostrando, em detalhes, o que fez dela o maior nome da pintura brasileira de todos os tempos. ‘Tarsila por Tarsila” é um quebra-cabeças de épocas e histórias – pessoais e públicas – que, pela primeira vez, mostra fatos e passagens da vida de Tarsila do Amaral (1886 – 1973) vividas com intensidade pela artista e que, na época, foram divididas apenas com os mais próximos.

Palestra: “Tarsila por Tarsila”

Data: 30 de maio, quarta-feira.

Horário: 19:00 – 22:00.

Local: Sala A31.

Inscreva-se para participar da palestra enviando uma mensagem para o e-mail: gisele.ottoboni@colband.com.br

No assunto da mensagem, escreva: Inscrição para a Palestra “Tarsila por Tarsila”. No corpo da mensagem, coloque seu nome completo, telefone e e-mail para contato. Traga seus amigos e familiares, mas não esqueça de incluí-los no e-mail de inscrições.

Ao final da palestra, os livros vendidos no local serão autografados pela autora.

Autor: AMARAL, TARSILA DO (1964-)

Editora: CELEBRIS

Assunto: Artes

Valor: R$ 65,00

Bienal: Encontro de Arte Contemporânea

O Educativo da Bienal, em parceria com o Colégio Bandeirantes, tem o prazer de convidá-lo para o Encontro de Arte Contemporânea.

Esse Encontro tem como principal objetivo refletir e discutir aspectos da contemporaneidade e os caminhos da arte contemporânea. Esta é também uma oportunidade de debater sobre o ensino da arte.

Data do Encontro: 21 de março de 2012

Horário:
 das 19h às 22h

Local: ColégioBandeirantes | Rua Estela, 268 São Paulo -SP

Clique aqui para realizar sua inscrição para o Encontro de Arte Contemporânea.

O número de participantes fica limitado ao preenchimento da sala. Caso não possa comparecer, nos avise com antecedência, para que possamos liberar a vaga para demais interessados.