Maio Fotografia no MIS

banner_maio

Em sua 4ª edição, a Maio Fotografia ocupa pelo 4º ano consecutivo todos os espaços no MIS (Museu da Imagem e do Som) com uma programação mensal que engloba quatro exposições principais, além de duas mostras e uma instalação interativa relacionados ao mundo da fotografia.

A ideia que permeia a curadoria geral da edição deste ano é a seguinte: “Se a linguagem fotográfica está cada vez mais aberta a novos olhares, a partir dos mais variados tipos de dispositivos − que vão de câmeras profissionais com lentes especiais a celulares com suas imagens em baixa resolução −, e percorre temas igualmente diversificados, é bastante apropriado que este mês voltado a sua exibição, discussão e reflexão abra ao público um leque de possibilidades de fruição“. Fonte: http://www.mis-sp.org.br/icox/icox.php?mdl=mis&op=programacao_interna&id_event=1849

Apresentam-se nesta edição as exposições: O mundo revelado de Vivian Maier (curadoria de Anne Morin); Lambe-lambe: os fotógrafos de rua na São Paulo dos anos 70, elaborada a partir do acervo do MIS (curadoria de Isabella Lenzi); Perto do rio tenho sete anos, do fotógrafo baiano André Gardenberg (curadoria de Diógenes Moura, Rastros 1 (Traces1) do holandês brasileiro radicado em Paris Roberto Frankenberg, entre outras.

Complementa a programação o IV Encontro Pensamento e Reflexão na Fotografia, que visa estreitar os distintos campos de atuação do fazer fotográfico e promover cada vez mais o entendimento sobre a fotografia inserida em debates de conteúdo informativo e reflexivo. O evento acontece entre os dias 28 e 31 de maio, com uma programação composta por sessões de discussão, entrevistas e relatos autorais, além de workshops e apresentações de artigos inscritos por meio de convocatória.

HORÁRIOS e LOCAL

21/04 a 14/06/15 – R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia)
TERÇAS a SÁBADOS das 12h às 20h
DOMINGOS e FERIADOS das 11h às 19h
Classificação: livre
Espaços variados
MIS – Av. Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo – (11) 55 2117-4777

Evento no museu AfroBrasil

O Museu Afro Brasil, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, convida para o lançamento do livro “África em Artes”. O evento contará com uma palestra dos autores, os pesquisadores Renato Araújo da Silva e Juliana da Silva Bevilacqua, sobre o tema da publicação.

Distribuição gratuita do livro aos participantes da palestra. Inscrição 20 minutos antes do evento.

África em Artes

HORÁRIO e LOCAL

Sábado, 11 de abril, às 11h.
Teatro Ruth de Souza

Museu Afro Brasil – Parque Ibirapuera – Portão 10
Link: www.museuafrobrasil.org.br

Saguão do Castelo Rá-Tim-Bum reabre ao público no MIS

exposicao-castelo-ra-tim-bum-07152014-77-original

Entre os dias 12 de fevereiro e 5 de abril, o MIS (Museu da Imagem e do Som) reabre ao público o Saguão do Castelo Rá-Tim-Bum, ambiente que recriou o quarto do Nino e a árvore da Cobra Celeste.

A exposição, que aconteceu no museu em comemoração aos 20 anos do programa, marco infanto-juvenil da TV brasileira, aconteceu entre julho de 2014 e janeiro de 2015 e recebeu por volta de 410 mil pessoas, recorde absoluto de visitação no espaço.

HORÁRIOS e LOCAL

12/02/15 a 05/04/15 – R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia) – Terças-feiras: entrada gratuita
TERÇAS a SEXTAS das 12h às 21h
SÁBADOS das 10h às 21h
DOMINGOS e FERIADOS das 11h às 20h
MIS – Av. Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo – (11) 55 2117-4777
Link: http://www.mis-sp.org.br/icox/icox.php?mdl=mis&op=programacao_interna&id_event=1808

Exposição Eu Lago Sou – Mário Lago um Homem do Século XX – Memória em Movimento

e-convite-final-mario-lago_mube2015Até o dia 22 de março a vida e a obra do ator, autor, compositor e militante político Mário Lago poderá ser vista no MuBE (Museu Brasileiro da Escultura), em São Paulo. A exposição mostrará para as diversas gerações como o artista influenciou e se deixou influenciar pela sociedade em que viveu – a qual chamava de “moldura do meu quadro”, além de firmar a sua memória como um patrimônio atemporal.

Apesar de ter sido carioca da Lapa, Mário Lago tinha uma relação emocional com São Paulo. Desde a infância, quando acompanhava o pai, maestro, em turnês pela cidade, até as passagens pelas rádios Bandeirantes e Panamericana, da qual foi um dos fundadores.

A exposição conta com diversos registros audiovisuais de seus trabalhos no cinema e na televisão, da militância e sua vida pessoal como o depoimento do ator Lima Duarte falando sobre o início da carreira e a amizade entre eles.

Também é possível ouvir textos inéditos e novas parcerias, como 10 poemas seus musicados por artistas contemporâneos.

HORÁRIOS e LOCAL

26/02/15 a 22/03/15 – Entrada gratuita
TERÇA a DOMINGO das 10h às 19h
MUBE – Av. Europa, 218, Jardins, São Paulo – (11) 2594-2601
Link: http://mube.art.br/expos/eu-lago-sou/

No dia 6 de março de 2015 (sexta-feira), excepcionalmente, a exposição estará aberta no horário de 10h às 18h.

Seleção para Projeto de Pintura 2015

Cartaz Curso de Pintura
No ano passado, um grupo variado de alunos do 1º, 2º e até do 3º ano do Ensino Médio do Colégio se empenharam durante o ano todo para pensarem e produzirem o mural colorido no pátio, em frente à quadra. Foram dois semestres desenvolvendo materiais, aprendendo técnicas de pintura e pensando em quais referências melhor representavam o Colégio e seus alunos. O projeto chamou atenção de muita gente, e houve até quem havia saído do Colégio, mas resolveu visitar para participar.

Mandala colorida surgindo dos tijolos do colégio.

Mandala colorida surgindo dos tijolos do colégio.

Stencil para produzir rapidamente os tijolos do Mural.

Stencil para produzir rapidamente os tijolos do Mural.

Mural2

 

 

 

Neste ano, o Projeto recomeça com novas ideias e um novo formato. O objetivo será produzir uma pintura desde seus elementos mais básicos: da produção do suporte e das tintas, até a aplicação destas tintas para desenvolver as imagens.

Os encontros para o Projeto acontecerão toda quarta-feira, nos horários das 14h40 até as 16h50. 

As inscrições para o Projeto de Pintura do Band, edição de 2015, estão abertas. Os interessados em participar do Projeto podem se inscrever online através do link:

http://tinyurl.com/BandPintura2015

Inscrevendo-se neste link com nome, turma e um endereço de e-mail válido, os alunos receberão instruções para a seleção, que deve acontecer entre os dias 4 a 11 de Março.

Se você é interessado e está cursando o Ensino Médio com esse horário livre, não perca tempo!

Moldes para técnica de stencil, chamados de "máscaras".

Moldes para técnica de stencil, chamados de “máscaras”.

Mural5

Transferência com solvente para aplicar os rostos de professores no Mural.

Transferência com solvente para aplicar os rostos de professores no Mural.

Mural do pátio está de cara nova

Dando início a 2015 com novo visual, o mural do pátio do Colégio foi repintado por alunos e professores de Artes. Durante todo o ano de 2014, o professor de Artes Pedro Leão e alunos voluntários das 1.as e 2.as séries participantes do curso de pintura trabalharam intensivamente no projeto.

painel5

Com apoio da Direção para a repintura, os estudantes e professores dividiram o projeto em duas partes: uma no primeiro semestre de 2014 e outra no segundo.

painel1

Como inspiração, o grupo buscou referências artísticas que se relacionavam com a questão da identidade dos alunos.

painel2

Entre elas, estavam os grupos britânicos Pink Floyd e The Beatles, que no mural tiveram seus álbuns “Another Brick In The Wall” e “Abbey Road” resignificados.

painel3

“O processo foi bem orgânico porque as decisões e ações aconteciam naturalmente”, contou Pedro Leão. “Todos os alunos participaram ativamente e, mesmo nas férias de julho, me perguntavam se poderiam ajudar de alguma forma”, completou.

Confira a galeria de imagens clicando aqui.

Aula de Inglês com toque de Artes

Valorizando o conhecimento como um elemento único e indivisível, os alunos das 2.as séries de Humanas tiveram uma aula com base na interdisciplinaridade entre Língua Inglesa e Artes. A professora de Inglês Sandra Braid  extrapolou a já conhecida aula teórica com base na histórias de pintores  – este ano os alunos partiram para a prática.

ingleseartes1

Com a ajuda do professor Pedro Leão, de Artes, os estudantes se aprofundaram na história do pintor Van Gogh, além de obras inspiradas por ele.

ingleseartes2

A música “Starry, Starry Night” de Don McLean, por exemplo, homenageia a obra Noite Estrelada do pintor neerlandês. Em um segundo momento,  puderam expressar a sua percepção das obras vistas por meio da pintura.

ingleseartes3

“Exploramos diversas técnicas de forma muito rápida e despojada – nos revezamos entre as quatro estações”, contou o professor Pedro. A aluna Amanda Sanches acha extremamente necessária encontros desse tipo. “Foi um momento felicidade para todos. Acho que essa atmosfera foi a parte mais legal”, relatou.

ingleseartes4

A professora Sandra Braid acredita que esse tipo de encontro revigora as aulas e deixa o clima muito descontraído. “É muito bom sair da rotina porque os alunos vivenciam a língua de outra forma”, comentou. “Este tipo de aula só foi possível devido ao espaço HUB”, completou.

Para conferir a galeria de imagens, clique aqui.

Estudantes realizam instalação cooperativa

Movimentando os corredores do Colégio, os alunos dos 6.os anos, orientados pelos professores Pedro Leão e Paula Moraes, realizaram uma instalação que contou com a cooperação do grupo. A atividade consiste na apropriação do espaço por meio da manipulação de objetos.

IMG_2738

Durante a aula, eles construíram uma teia, ou rede, a partir de barbante. “Este é um tipo de arte que o material continua o mesmo, mas tem o significado alterado dependendo de onde for colocado”, explicou Pedro Leão. Por isso, após a construção da teia, os alunos tiveram de leva-la da sala de aula para o pátio.

IMG_2745

No percurso do transporte, os estudantes, emaranhados, deveriam trabalhar em conjunto e se organizar para superar os desafios do caminho. “Eles gostaram muito do efeito dessa teia e o fato de eles estarem conectados entre si”, contou Pedro.

IMG_2766

“Foi muito legal porque a gente interage e não fica só dentro da sala de aula”, comentou a aluna Luísa Shida. “O que achei mais interessante da atividade de instalação é que não conseguimos mudar a forma dela, mesmo que a gente tentasse”, completou.

IMG_2735

“Nessas atividades, além do conceito da arte, trabalhamos a questão do respeito com o outro. Por exemplo, se alguém puxasse um lado, desmancharia o outro; e também foram trabalhadas a necessidade de organização e a coordenação”, comentou a professora Paula.

Expressão e Arte no pátio

Para deixar sua marca no Band, um grupo de alunos das 1.as e 2.as séries do Ensino Médio aceitou o desafio de repintar uma das paredes do pátio, em frente aos Laboratórios de Química.

DSC0907

A turma, coordenada pelo professor de Artes Pedro Leão, discutiu e pesquisou qual seria o conceito a ser aplicado. A reflexão sobre ser adolescente e aluno do Band acabou como diretriz desse processo. A partir daí, várias referências surgiram, tal como poemas e músicas

.DSC0940

A primeira turma está realizando sessões de pintura aos sábados. Outra turma, ainda com inscrições abertas, deve continuar a produção. Portanto, se você quiser deixar a sua marca pelo Band, entre em contato com o professor Pedro pelo e-mail (pedro.leao@colband.com.br).

DSC0944

Os encontros para a definição da pintura acontecerão às sextas e a pintura continua aos  sábados.

“O Artista” é exibido em sessão de Artes

O filme “O Artista” foi exibido para os alunos do 9.o ano na sessão de cinema produzida pelo Departamento de Artes e com o apoio dos Departamentos Cultural e de Esporte. A escolha do filme foi feita levando em conta que  retrata a mudança do cinema mudo para o falado, acontecimento que os alunos estão estudando na disciplina de Artes neste bimestre.

Durante o 1.o bimestre, os alunos estudaram o cinema mudo e, por isso, assistiram aos “Tempos Modernos” de Charles Chaplin, que revela uma crítica ao cinema falado, apesar de ter sido produzido sete anos após a criação deste método cinematográfico. Também, no filme “O Artista”, o autor critica esta transição.

IMG_3653

“Queríamos mostrar esse conflito do cinema existente nesse período para que [a matéria] ficasse mais clara para eles”, comenta Pedrão Leão, professor de Artes. “Além disso, é um filme que eles não buscam espontaneamente, por isso é importante que a gente [professores de Artes] ofereça opções. Também, foi interessante ver os alunos fazerem analogias com os dois filmes exibidos”, completa a professora de Artes, Paula Moraes.

IMG_3652

O próximo filme exibido pelos professores será “2001 – Uma Odisséia no Espaço” do diretor Stanley Kubrick que, segundo os professores, será seguido de uma discussão.