Mural do pátio está de cara nova

Dando início a 2015 com novo visual, o mural do pátio do Colégio foi repintado por alunos e professores de Artes. Durante todo o ano de 2014, o professor de Artes Pedro Leão e alunos voluntários das 1.as e 2.as séries participantes do curso de pintura trabalharam intensivamente no projeto.

painel5

Com apoio da Direção para a repintura, os estudantes e professores dividiram o projeto em duas partes: uma no primeiro semestre de 2014 e outra no segundo.

painel1

Como inspiração, o grupo buscou referências artísticas que se relacionavam com a questão da identidade dos alunos.

painel2

Entre elas, estavam os grupos britânicos Pink Floyd e The Beatles, que no mural tiveram seus álbuns “Another Brick In The Wall” e “Abbey Road” resignificados.

painel3

“O processo foi bem orgânico porque as decisões e ações aconteciam naturalmente”, contou Pedro Leão. “Todos os alunos participaram ativamente e, mesmo nas férias de julho, me perguntavam se poderiam ajudar de alguma forma”, completou.

Confira a galeria de imagens clicando aqui.

Estudantes realizam instalação cooperativa

Movimentando os corredores do Colégio, os alunos dos 6.os anos, orientados pelos professores Pedro Leão e Paula Moraes, realizaram uma instalação que contou com a cooperação do grupo. A atividade consiste na apropriação do espaço por meio da manipulação de objetos.

IMG_2738

Durante a aula, eles construíram uma teia, ou rede, a partir de barbante. “Este é um tipo de arte que o material continua o mesmo, mas tem o significado alterado dependendo de onde for colocado”, explicou Pedro Leão. Por isso, após a construção da teia, os alunos tiveram de leva-la da sala de aula para o pátio.

IMG_2745

No percurso do transporte, os estudantes, emaranhados, deveriam trabalhar em conjunto e se organizar para superar os desafios do caminho. “Eles gostaram muito do efeito dessa teia e o fato de eles estarem conectados entre si”, contou Pedro.

IMG_2766

“Foi muito legal porque a gente interage e não fica só dentro da sala de aula”, comentou a aluna Luísa Shida. “O que achei mais interessante da atividade de instalação é que não conseguimos mudar a forma dela, mesmo que a gente tentasse”, completou.

IMG_2735

“Nessas atividades, além do conceito da arte, trabalhamos a questão do respeito com o outro. Por exemplo, se alguém puxasse um lado, desmancharia o outro; e também foram trabalhadas a necessidade de organização e a coordenação”, comentou a professora Paula.

“O Artista” é exibido em sessão de Artes

O filme “O Artista” foi exibido para os alunos do 9.o ano na sessão de cinema produzida pelo Departamento de Artes e com o apoio dos Departamentos Cultural e de Esporte. A escolha do filme foi feita levando em conta que  retrata a mudança do cinema mudo para o falado, acontecimento que os alunos estão estudando na disciplina de Artes neste bimestre.

Durante o 1.o bimestre, os alunos estudaram o cinema mudo e, por isso, assistiram aos “Tempos Modernos” de Charles Chaplin, que revela uma crítica ao cinema falado, apesar de ter sido produzido sete anos após a criação deste método cinematográfico. Também, no filme “O Artista”, o autor critica esta transição.

IMG_3653

“Queríamos mostrar esse conflito do cinema existente nesse período para que [a matéria] ficasse mais clara para eles”, comenta Pedrão Leão, professor de Artes. “Além disso, é um filme que eles não buscam espontaneamente, por isso é importante que a gente [professores de Artes] ofereça opções. Também, foi interessante ver os alunos fazerem analogias com os dois filmes exibidos”, completa a professora de Artes, Paula Moraes.

IMG_3652

O próximo filme exibido pelos professores será “2001 – Uma Odisséia no Espaço” do diretor Stanley Kubrick que, segundo os professores, será seguido de uma discussão.

“Tempos Modernos” para os 9.os anos

Com direito a pipoca, sucos e colchonetes, 120 alunos do 9.o ano do Ensino Fundamental participaram da sessão de cinema realizada pelo Departamento de Arte com o apoio do Departamento Cultural e de Educação Física. O filme exibido foi “Tempos Modernos”, de Charles Chaplin, que critica fortemente a cultura de trabalho operário depois da Revolução Industrial.

chaplin_1

A sessão foi programada para promover uma interação entre os alunos e, também, para exibir o clássico filme. “Queríamos facilitar a experiência dos alunos, já que eles teriam que alugar o filme”, explica Pedro Leão, professor de Artes. “Também quisemos que fosse um momento de descontração. Eles estão participando de uma tarefa, por isso tentamos transformá-la em um momento agradável como é uma sessão de cinema para eles”, completa a professora de Artes, Paula Moraes.

chaplin_2

“É importante ter um projeto de artes fora da classe, sair do ambiente natural da sala de aula e ir para um outro descontraído”, comenta Pietro de Camargo, aluno do 9.o ano. “Ter aulas de Artes é, além de estudar pro vestibular, aprender a ver o mundo de outra maneira”, completa.

A próxima sessão com o filme mudo “O Artista” acontecerá na próxima sexta, 11 de abril, para alunos do 9.o ano. Quem quiser participar, deve inscrever-se no Cultural, pois as vagas são limitadas.