Terror e lendas do Band: curta produzido por alunos

Como parte das celebrações de Halloween do Colégio, alunos do Cine Colband produziram o curta metragem de terror O quinto andar, onde as lendas urbanas mais famosas dos tijolinhos da rua Estela são retratadas.

WhatsApp Image 2017-11-24 at 10.23.42

O lançamento da produção fez parte de evento no Halloween que reuniu uma conversa com o professor de Artes, Pedro Leão, sobre o livro Frankenstein e ainda uma exposição de minicontos de terror, produzidos pelos alunos do 8.o ano do Ensino Fundamental.

WhatsApp Image 2017-11-24 at 10.23.42-2

O curta envolve mitos do Band que, de uma forma ou de outra, já passaram pelos ouvidos de todos os alunos. O principal, a célebre piscina no quinto andar, dá título à produção que conta ainda com a lenda do esqueleto presente no laboratório de Biologia, a Catarina.

WhatsApp Image 2017-11-24 at 10.23.43

Tudo isso, entrelaçado com as noites de Halloween e também a atual reforma dos laboratórios do Colégio.

WhatsApp Image 2017-11-24 at 10.23.44-2

“Tivemos uma preocupação muito grande justamente em retratar o ambiente do Band com a maior fidelidade possível. Aprendi muito sobre o processo de produção e o espírito de liderança para dirigir um filme”, disse o aluno Mateus Rodrigues, da 2.a série do Ensino Médio, que junto com a aluna da 2.a série do Ensino Médio, Clara Hirata, dirigiu e roteirizou o curta.

WhatsApp Image 2017-11-24 at 10.23.44

Os alunos realizaram desde as gravações no Colégio até a edição, tendo, assim, um gostinho da vida por trás das câmeras e garantindo o próprio portfólio. “Alguns alunos sabem que querem fazer cinema, mas outros puderam ver a realidade na prática para saber se realmente gostariam de fazer isso depois da escola”, comentou o professor Pedro Leão.

WhatsApp Image 2017-11-24 at 10.23.45

Em 2017 os alunos trabalharam também  em outro projeto, o curta “A tecelã”, que estreará no início de 2018.

Confira o curta clicando aqui.

Autorretrato na Oficina de Fotografia

Com o tema de autorretrato, alunos da Oficina de Fotografia realizaram um dia de Portas Abertas, encerrando as atividades do ano. O evento interativo ocorreu no terceiro andar do Colégio com direito a vídeos, imagens impressas, estúdio fotográfico e apresentação no espaço do Studio 268.

aluna Helena Meirelles de Freitas

aluna Helena Meirelles de Freitas

A Oficina de Fotografia, idealizada pelo professor de Ciências e CPG, Waldir Hernandes, e desenvolvida com alunos do 8.o ano do Ensino Fundamental, ocorre há cinco anos no Colégio vinculada à disciplina de CPG, com o objetivo de discutir, por meio de fotografias, temas da adolescência.

aluno Nicholas Ladeira Bochio

aluno Nicholas Ladeira Bochio

Para o dia de “portas abertas” deste ano, a ideia foi refletir sobre a forma como desejamos ser vistos na sociedade e como as pessoas realmente nos enxergam. Para isso, os convidados foram caracterizados de Frida Kahlo ou Charles Chaplin, considerados pelo grupo como pessoas que souberam se expressar no mundo. Assim, todos foram fotografados e produzidos pelos alunos.

aluna Maria Silveira Réa

aluna Maria Silveira Réa

O professor Waldir explica que, durante todas as dinâmicas realizadas ao longo do ano, o aluno aprendeu a educar o próprio olhar. “Quando o jovem, por meio da lente, passa a enxergar o mundo, é algo transformador”, explicou ele.

aluno João Paulo Nascimento Silva

aluno João Paulo Nascimento Silva

“Eu pude aprender algumas técnicas de fotografia como exposição de luz e contraste. Pude aperfeiçoar a forma como quero me expressar no mundo e como quero ser visto por outras pessoas. Aprendi que posso mostrar como eu sou através de uma simples foto”, disse o aluno Nicholas Bochio, do 8.o ano do Ensino Fundamental.

fotografia1

(da esquerda para a direita) alunos Mariana Lisboa, Luís de Paula, Isadora Sales e Helena Meirelles

Durante o ano, junto ao professor Waldir, os alunos foram auxiliados por Denise Nonoya, psicodramatista, Stefano Alcântara, da Resource IT Solutions e por monitores – alunos que participaram da Oficina em outros anos.