Curso de Filosofia e História da Arte – inscrições abertas

Estão abertas as inscrições para o CURSO DE FILOSOFIA E HISTÓRIA DA ARTE do prof. Regis.

  Inscreva-se aqui: http://goo.gl/forms/OK6yLLoJrH

Você gosta de arte? Pretende seguir carreira em Arquitetura, Música, Artes Plásticas, Teatro, Fotografia, Cinema ou mesmo Direito? Lembre-se de que o vestibular da FGV-Direito inclui prova de História da Arte. Ou apenas gostaria de ampliar seus horizontes e conhecer mais sobre arte?

Se você se inclui em algum dos casos acima, não deixe de se inscrever. O curso, que se inicia em 05/03 e acontecerá às quintas-feiras das 13 às 14:30h (menos nas semanas de prova), inclui várias visitas a museus, concertos exclusivos no Colégio (de música medieval, renascentista, barroca, eletroacústica etc, com instrumentos de época), visitas a ateliês de artistas, além de aulas nas quais serão analisadas inúmeras obras de arte. Um prato cheio para os amantes da arte.

Público-alvo: alunos da 2a. série do ensino médio (humanas e biológicas) e professores. O curso não é oferecido para algumas turmas de exatas por incompatibilidade de horário.

Duração do curso: 1 ano (não haverá aulas nas semanas de provas bimestrais).

Data de início do curso: 05/03.

Local do curso: SALA E-4.

Horário do curso: quintas-feiras das 13:00h às 14:30h.

Seleção para Projeto de Pintura 2015

Cartaz Curso de Pintura
No ano passado, um grupo variado de alunos do 1º, 2º e até do 3º ano do Ensino Médio do Colégio se empenharam durante o ano todo para pensarem e produzirem o mural colorido no pátio, em frente à quadra. Foram dois semestres desenvolvendo materiais, aprendendo técnicas de pintura e pensando em quais referências melhor representavam o Colégio e seus alunos. O projeto chamou atenção de muita gente, e houve até quem havia saído do Colégio, mas resolveu visitar para participar.

Mandala colorida surgindo dos tijolos do colégio.

Mandala colorida surgindo dos tijolos do colégio.

Stencil para produzir rapidamente os tijolos do Mural.

Stencil para produzir rapidamente os tijolos do Mural.

Mural2

 

 

 

Neste ano, o Projeto recomeça com novas ideias e um novo formato. O objetivo será produzir uma pintura desde seus elementos mais básicos: da produção do suporte e das tintas, até a aplicação destas tintas para desenvolver as imagens.

Os encontros para o Projeto acontecerão toda quarta-feira, nos horários das 14h40 até as 16h50. 

As inscrições para o Projeto de Pintura do Band, edição de 2015, estão abertas. Os interessados em participar do Projeto podem se inscrever online através do link:

http://tinyurl.com/BandPintura2015

Inscrevendo-se neste link com nome, turma e um endereço de e-mail válido, os alunos receberão instruções para a seleção, que deve acontecer entre os dias 4 a 11 de Março.

Se você é interessado e está cursando o Ensino Médio com esse horário livre, não perca tempo!

Moldes para técnica de stencil, chamados de "máscaras".

Moldes para técnica de stencil, chamados de “máscaras”.

Mural5

Transferência com solvente para aplicar os rostos de professores no Mural.

Transferência com solvente para aplicar os rostos de professores no Mural.

Jessica Lange: fotógrafa

6.Jessica Lange_MIS

O MIS apresenta a exposição Jessica Lange: fotógrafa. Em 1967 Jessica Lange foi contemplada com uma bolsa de estudos da Universidade de Minnesota para estudar fotografia, mas as vicissitudes da vida de estudante a levaram para a Espanha e Paris, onde ela decidiu estudar artes cênicas e deixou a fotografia de lado. Foi então que embarcou na carreira de atriz, atuando em filmes emblemáticos e ganhou duas vezes o Oscar de melhor atriz, por seus papéis em Tootsie, em 1983, e outro por Céu Azul, em 1995.

2.Jessica Lange_MIS

Só mais tarde, no início dos anos noventa, quando Sam Shepard, a presenteou com uma Leica M6, Jessica assumiu suas façanhas fotográficas novamente. As imagens foram capturadas em suas viagens e andanças – sua lente percorreu países como EUA, França, Finlândia e Itália, embora ela tenha uma queda especial pelo México, como ela mesma diz “por suas luzes e noites maravilhosas”.

1_Jessica Lange_MIS

Coisas que eu vejo e México

Originalmente intitulada Unseen, a exposição é composta por 135 fotografias e 12 folhas de contato que dão conta de uma sensibilidade aguda e de uma mestria técnica excepcional de Jessica Lange. A coleção, formada por imagens feitas nos últimos 20 anos, é organizada em duas séries: Coisas que eu vejo e México.
México conta ainda com uma sub-série: Os cinco dias sem nome, Chiapas. Estas fotos foram feitas em 2012 nos vilarejos de Tenejape e San Juan Chamula, no estado de Chiapas. As imagens retratam o Carnaval, que é provavelmente a celebração mais importante de Chiapas e tem duração de 13 dias. O festival celebra os cinco dias perdidos do calendário maia. Os cinco dias sem nome, quando acreditam que o mundo vira de ponta cabeça. Acredita-se que seja um período desafortunado, ou até perigoso. As imagens, todas em P&B, retratam a preparação para o festival: homens se vestem de mulher, pessoas maquiadas, com suas fantasias rebuscadas, disfarçam-se de macacos, lobos e outros animais.
3.Jessica Lange_MIS
SERVIÇO
exposição / fotografia
11fev a 05abr2015
terças a sextas, das 12h às 21h; sábados, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 11h às 20hexposições 1º andarR$ 6 (inteira) R$ 3 (meia)
O Museu da Imagem e do Som de São Paulo – MIS – fica localizado na Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo – SP, Brasil. CEP 01449-000.Telefone: 55 11 2117 4777
Confira a programação completa no site:

MUBA – Museu de Belas Artes de São Paulo

Organizado em 2007 o Museu Belas Artes de São Paulo (MUBA) é vinculado ao Centro Universitário Belas Artes de São Paulo pela mesma mantenedora, a FEBASP Associação Civil.

Tem por objetivos documentar o desenvolvimento das Artes, da Comunicação, da Arquitetura e do Design mediante a organização de mostras e manutenção permanente de exposição relacionadas à arte contemporânea e àquelas de caráter histórico e, também, às atividades culturais viabilizando o contato do público com a arte, além de organizar, conservar e expor os elementos tradicionais relativos à memória da instituição.

Concebido também como museu universitário, o MUBA encontra na pesquisa um de seus grandes compromissos, envolvendo alunos, professores e pesquisadores e se reafirma como difusor de produção cultural, acadêmica e científica.

muba3

A Galeria do Acervo destina-se a mostras de média duração voltadas para a apresentação do acervo do MUBA.

obra1

Paulo Vergueiro Lopes de Leão (São Paulo – SP, 1889 – 1964). Sol matutino, s.d. Óleo sobre cartão, 45 x 54,5 cm.

muba2

Galeria do Núcleo de Design. Localizada na unidade do Núcleo de Design, a Galeria, que leva o mesmo nome, é um espaço para mostras voltadas principalmente para a área de design e seus segmentos, gráfico, de produto, interiores e de moda.

muba1A Galeria Vicente Di Grado é destinada a exposições temporárias de arte, arquitetura e comunicação.

muba4

A Galeria 13 é vinculado diretamente ao curso de Artes Visuais e se constitui como um laboratório didático para exercícios de mostras de trabalhos artísticos realizados pelos alunos ou artistas convidados, montagem, curadoria, crítica, programação visual, iluminação, entre outras atividades. As exposições favorecem a divulgação do trabalho dos alunos e fomentam a troca de conhecimentos para promover o amadurecimento profissional.

 

Horário
De segunda a sexta, das 10 às 20 horas e Sábado das 10 às 16 horas.

Sede
Rua Dr. Álvaro Alvim, 76 – Térreo – Vila Mariana – São Paulo – SP – (11) 5576-7300

Sede Núcleo de Design
Rua José Antonio Coelho, 879 – Térreo – Vila Mariana – São Paulo – SP

muba@belasartes.br

A MULHER NA REVOLUÇÃO DE 32

O MIS apresenta sua segunda exposição no Google Cultural Institute – plataforma na qual o site Google realiza parcerias com centenas de museus, instituições culturais e acervos históricos para hospedar online os patrimônios culturais do mundo.

A mulher na Revolução de 32 reúne, entre fotografias e arquivos de áudio, trocas de correspondências (exclusivas do acervo do MIS) relatando o dia a dia de voluntárias da Revolução. Os documentos revelam o papel da mulher no momento em que o Estado de São Paulo se rebelava contra o governo de Getúlio Vargas.

Imagem1

A mulher paulista na Manifestação Cívica de 23 de maio de 1932. Autoria desconhecida | São Paulo | Museu da Imagem e do Som.

Imagem3

Uma Companhia e a bandeira nacional, 1932. Autoria desconhecida | São Paulo | Museu da Imagem e do Som

Imagem2

Senhora condecorando soldados, 1932. Autoria desconhecida | Museu da Imagem e do Som.

Essa é a segunda exposição do MIS na plataforma. O público também pode conferir Cinema paulista nos anos 70, uma mostra com fotos de cenas, bastidores de filmagens, vídeos com entrevistas exclusivas e equipamentos da produção cinematográfica na cidade de São Paulo entre os anos de 1968 e 1980.
Ambas as exposições podem ser conferidas no link: bit.ly/cultureinstitutemis
Horários de funcionamento geral: terças a sábados, das 12h às 21h; domingos e feriados, das 11h às 20h.
Horários de funcionamento de exposições: clique aqui
Exposições | R$ 10 e R$ 5 (meia)
Às terças o ingresso para as exposições é gratuito
Aceitamos dinheiro e cartões de débito
Não aceitamos Vale Cultura
O atendimento prioritário é restrito à pessoa mais um acompanhante
Crianças até 5 anos não pagam

Como chegar

As seguintes linhas de ônibus servem à região do museu:

  • 107 T-10 Metrô Tucuruvi – Pinheiros
  • 930P- 10  Term. Pq D. Pedro II – Pinheiros
  • 908T- 10  Term. Pq D. PedroII – Butantã (circular)
  • 7181 -10 Cidade Universitária – Term. Princ. Isabel

Para mais informações sobre trajeto de ônibus consulte o SPTrans pelo telefone 156 ou acesse http://www.sptrans.com.br

O MIS também está próximo das estações Consolação (linha verde) e Faria Lima (linha amarela) do Metrô.

Núcleo Educativo

Oferece, além de visitas educativas, diversas oficinas voltadas para o público infanto-juvenil, adulto e educadores.
Para agendamento clique aqui.

CEMIS

O Centro de Memória e Informação do MIS (CEMIS) é o núcleo do Museu da Imagem e do Som de São Paulo responsável pela documentação, conservação, difusão e pesquisa dos seus acervos museológico, arquivístico e biblioteconômico, que são compostos por mais de 200 mil itens.

Acervo

Mostras temporárias realizadas por curadores convidados a partir de itens do acervo permitem que os visitantes tenham acesso a essa importante coleção.

Midiateca

A Midiateca é o espaço de consulta e pesquisa às cópias de itens do acervo museológico do MIS e ao acervo biblioteconômico.
Horário – terças a sextas, das 10h às 12h; fechada aos finais de semana.
Ingresso – gratuito
Para mais informações e agendamentos de pesquisa midiateca@mis-sp.org.br