33º Panorama da Arte Brasileira no MAM SP

Período de 05 de outubro à 19 de outubro.

Formas únicas da continuidade no espaço, esta nova edição da mostra, em cartaz até 15 de dezembro, lança olhar para o próprio museu, sua missão e seu histórico, com obras e projetos de 32 convidados, escolhidos pela curadora Lisette Lagnado e pela curadora-adjunta Ana Maria Maia. Pela primeira vez em 33 edições do Panorama, grupo selecionado integra a participação de arquitetos. Imagine o Museu de Arte Moderna de São Paulo como um híbrido estrutural dele próprio com os MAMs do Rio e da Bahia. Ou o prédio sendo transportado da marquise de Oscar Niemeyer para um corredor suspenso de três quilômetros de extensão sobre o parque Ibirapuera. Ou, quem sabe, migrando de volta ao centro da cidade, seu endereço entre 1949 e 1958. Esses e outros quatro projetos idealizados por escritórios de arquitetura são variações sobre um mesmo desafio, lançado pelo 33º Panorama da Arte Brasileira: uma nova sede para o MAM São Paulo. A mostra abre no dia 05 de outubro, sábado, às 12h. No dia 19 de outubro, o Panorama se estende para vários pontos do centro da cidade. Já nos dias 26 e 30 de outubro e 13 de novembro, no auditório do MAM, serão realizados encontros gratuitos e abertos ao público, com a participação de convidados especiais, como o arquiteto Philippe Rahm.

Encontros com artistas e arquitetos

Durante o Panorama, o auditório do MAM sediará três encontros abertos ao público. No dia 26 de outubro (sábado), a partir das 11h, o tema do debate será Um Novo MAM, por que e para quem?, com as participações de Marcelo Morettin (Andrade e Morettin),  Ângelo Bucci (SPBR), João Sodré (gruposp), Anne Save de Beaurecueil (SUBdV), Lucho Oreggioni e Bernardo Martin (y Arquitectura), Rodrigo Cerviño (Tacoa) e Isadora Guerreiro (Usina). No dia 30 de outubro (quarta-feira), às 19h, o produtor e crítico de arte Jochen Volz e Lígia Nobre, co-curadora da X Bienal de Arquitetura de São Paulo, falarão sobre Pavilhão de Arte. Estudo de caso: Inhotim e Serpentine.  No dia 13 de novembro, às 19h, o arquiteto Philippe Rahm conduzirá a mesa Arquitetura Meteorológica.

MAM – Museu de Arte Moderna de São Paulo

Parque Ibirapuera, portão 3
(Av. Pedro Alvares Cabral, s/n°)
04094-000 São Paulo|SP – Brasil
T +55 11 5085-1300
F +55 11 5549-2342
atendimento@mam.org.br

Acessível para deficientes físicos.

:: Horário
Terça a domingo, 10h – 18h.
Bilheteria até 17h30.

:: Ingresso
R$6,00 e gratuidade aos domingos.
Meia entrada para estudantes, mediante apresentação da carteirinha.
Gratuidade para menores de 10 e maiores de 65 anos, sócios do MAM, funcionários de empresas parceiras, vendedores autônomos do parque Ibirapuera, taxistas, frentistas, agentes ambientais, da CET, da segurança e das estações do Metrô, da Guarda Civil Metropolitana e da Polícia Militar perante comprovação.

X BIENAL DE ARQUITETURA: MODOS DE FAZER, MODOS DE USAR

Período:
De 13 de outubro a 24 de novembro de 2013

“Esta edição da Bienal de Arquitetura propõe uma discussão de extrema relevância, ao abordar as múltiplas possibilidades de pensar e construir a cidade contemporânea, e nelas registrar o necessário espaço para o fazer cultural”. Marcelo Mattos Araujo, Secretário de Estado da Cultura.

MASP – MODOS DE ATRAVESSAR

Relaciona a produção de importantes artistas e arquitetos brasileiros na virada dos anos 1960 para os 1970, em torno da promulgação do AI-5. São eles: Vilanova Artigas, Paulo Mendes da Rocha, Lina Bo Bardi, Hélio Oiticica e Cildo Meireles. O tema são os constantes atravessamentos entre as esferas pública e privada no Brasil, na forma de casas pensadas como espaços urbanos e instalações artísticas ambientais em lugar público concebidas para ser usadas de modo subjetivo e doméstico. Os elementos do asfalto e da praia, presentes nos diversos trabalhos, encarnam a imagem metafórica das duas principais áreas coletivas no Brasil: a rua e a praia.

Museu de Arte Assis Chateaubriand – Masp: Av. Paulista, 1578 (Metrô Trianon-Masp)
De 13 de outubro a 24 de novembro, de terça-feira a domingo, das 10 às 18 horas (a bilheteria

Finishing will winter sore going viagra for woman back one natural drugstore Then discern on not.

fecha às 17h30), e de quinta-feira, das 10 às 20 horas (a bilheteria fecha às 19h30). Possibilidade de postergação da data de término, a ser confirmada pela instituição
Ingresso integral: R$ 15, com direito a entrada em todas as exposições em cartaz no dia da visita. Estudantes, professores e aposentados com comprovante: R$ 7 (meia-entrada). Menores de 10 anos e maiores de 60 anos não pagam ingresso. Às terças-feiras, a entrada é gratuita para o público em geral.

Maiores informações pelo link:

http://masp.art.br/masp2010/exposicoes_integra.php?id=153&periodo_menu=cartaz

 

Exposição de William Kentridge na Pinacoteca do Estado

Período – 31.ago a 10.nov 2013

A Pinacoteca de São Paulo, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, apresenta a exposição William Kentridge: fortuna, incluindo 38 desenhos, 35 filmes e animações, 184 gravuras, 31 esculturas e duas vídeo instalações, produzidas pelo renomado artista sul-africano entre 1989 e 2012, incluindo séries inéditas de trabalhos. Essa é a primeira grande exposição monográfica sobre Kentridge na América do Sul. A mostra, especialmente concebida para o Brasil, chega ao país graças à parceria entre o Instituto Moreira Salles, a Fundação Iberê Camargo – que já receberam a mostra.

Sobre William Kentridge
Kentridge nasceu em 1955, em Johannesburgo. Estudou ciências políticas e estudos africanos na Universidade de Johannesburgo antes de entrar na Johannesburg Art Foundation e se voltar para as artes visuais. Durante esse período, dedicou-se intensamente ao teatro, concebendo e atuando em diversas montagens. Seu interesse pelo teatro e pela ópera perpassa toda sua trajetória e indica o caráter dramático e narrativo de sua produção artística, assim como o seu interesse em sintetizar o desenho, a escultura e o filme em uma única linguagem. Após ter influenciado artistas na África do Sul por mais de dez anos, Kentridge ganhou reconhecimento internacional em meados dos anos 1990. Desde então, seu trabalho tem sido incluído em exposições e performances em museus, galerias e teatros em todo o mundo, como a mostra Documenta, em Kassel, na Alemanha (1997, 2003, 2012), a Bienal de Veneza (1993, 1999, 2005), exposições individuais no MoMA, de Nova York (1998, 2010), no Museu Albertina, em Viena (2010), no Jeu de Paume, em Paris (2011), no Louvre, em Paris (2010), no Metropolitan Museum of Art, em Nova York (2005), e performances no Metropolitan Opera, em Nova York (2010), e no La Scala, em Milão (2011). Em 2011, Kentridge recebeu o prestigioso Kyoto Prize, em reconhecimento a suas contribuições no campo das artes visuais e da filosofia. No mesmo ano, foi escolhido como Membro Honorário da American Academy of Arts and Letters e recebeu o título de Doutor Honoris Causa da University of London. Em 2012, apresentou as Charles Eliot Norton Lectures, na Universidade de Harvard, em Cambridge; tornou-se membro da American Philosophical Society, da American Academy of Arts and Sciences; foi nomeado para o Dan David Prize, da Tel Aviv University; e recebeu o título de Commandeur dans l’Ordre des Arts et des Lettres do Ministério da Cultura e Comunicação da França.

 

Como chegar:

Pinacoteca do Estado de São Paulo – Praça da Luz, 2 – São Paulo, SP
 Estação Luz do Metrô – Tel. 55 11 3324-1000
Estação Pinacoteca – Largo General Osório, 66 – São Paulo, SP – Tel. 55 11 3335-4990
Memorial da Resistência de São Paulo – Largo General Osório, 66 – São Paulo, SP
Tel. 55 11 3335-4990

 

 

Xilogravuras e Muito Talento

image
Finalizando o semestre os alunos do curso de xilogravura apresentam suas produções no ateliê do museu Lasar Segall.
A mostra permanece em cartaz até o dia 19 de outubro.


Confira nossa produção no vídeo da Juliana Mileo

Museu Lasar Segall
Rua Berta,111. Vila Mariana.
Horário: 11:00-19:00.
Fechado às terças-feiras
Entrada gratuita

Atendimento ao público:
Tel. 21590400
info@mls.gov.br
Café Wi-Fi

Mapa de Localização

Alunos participam de Exposição na Galeria Marta Traba

RESIDÊNCIA / OCUPAÇÃO MARTA TRABA 15/30: Cartografias Artísticas Contemporâneas

De 04 a 10 de outubro, os alunos da professora Gisele Ottoboni, que integram os cursos Iniciação à Xilogravura e Atividades Criativas, participarão de uma exposição na Galeria Marta Traba do Memorial da América Latina, que tem como característica a reflexão sobre as práticas coletivas na Arte.

A mostra tem curadoria de Lilian Amaral e Ângela Barbour, fruto da parceria entre a UNESP e a Galeria Marta Traba, que uniram esforços para exibir projetos de vários artistas do Brasil e do exterior.

Nossos alunos apresentarão trabalhos que foram desenvolvidos ao longo de dois semestres e uma xilogravura coletiva elaborada especialmente para o evento. Os alunos do curso de Iniciação à Xilogravura, que acontece no ateliê do Museu Lasar Segall, prepararam, em três dias de muito trabalho, uma xilogravura com nove módulos nas dimensões 130×193 cm. A xilo intitulada “A Tempestade” foi inspirada na obra homônima de William Shakespeare.

“A Tempestade”, xilogravura, 130×193 cm.

A aluna Juliana Cezar Mileo exibirá seus vídeos em uma montagem original, revelando o processo de trabalho do grupo, alguns momentos de aula e descontração.

Estamos agradecidos pela colaboração e apoio do coordenador do ateliê do Museu Lasar Segall, Paulo Camilo Penna, e a todos que possibilitaram as condições necessárias para a realização deste trabalho: Gustavo, Glaucia, Carol e Mário. Mobilizamos muitas pessoas para que este trabalho fosse possível em tão pouco tempo, ocupamos todos os equipamentos e espaços do ateliê: prelo, prensa, mesas, pias, tanque, mesa de corte, mesa de limpeza. Todos tiveram a maior paciência conosco. Obrigada!!

O ateliê do Museu Lasar Segall é um lugar mágico. Na semana passada, quando terminávamos a gravação das matrizes, recebemos a visita inesperada de Maciej Antoni Babinski (Varsóvia, Polônia, 1931) gravador, ilustrador, pintor, desenhista e professor. Ao lado de sua esposa e do chefe da divisão técnica do museu, Marcelo Monzani, Babinski conversou com os alunos, observou por alguns minutos o ambiente da aula e depois posou para esta foto, que guardamos com carinho.

Contamos com a presença de todos para prestigiar nossos alunos na abertura da exposição na próxima sexta-feira, dia 04/10, das 14h00 às 17:00 horas.

Alunos participantes:

André Soares, Arthur Santos, Clara Boucher, Eduarda Felsmann, Emi Wu, Glenda Miyuki, Isabela Baptista, Juliana Cezar Mileo, Lara Brener, Lucas Marcon, Marina Klautau, Natália Nara Park Andrade, Nicolly Yamamoto, Rafael Masson Fraguas, Raquel Druciak, Rodolfo Cunha Carnier, Sabrina Verdasca Yamamoto, Sofia Nólië, e Vitoria Lessa.

Endereço:

Fundação Memorial da América Latina. Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664; 01156-001 – Barra Funda – São Paulo SP; Telefone: 11 3823.4600

Portões: 6 e 7 (acesso à Galeria Marta Traba)

Website: www.memorial.org.br

Programa:

4 a 10 de outubro, 9h às 18h: Ocupação da Galeria Marta Traba.

4 de outubro, o dia todo.

Mostra de vídeo: Piratão – Filé de Peixe – RJ

4 e 7 de outubro, 14h às 17h

Oficina/Exposição: Simplesmente Hoje – Fotopoesia. Sissy Eiko e Danilo Sanches

5 de outubro, o dia todo.

Mostra de Vídeo: Corpos Informáticos

5 de outubro,  Oficina de fotografia Analógica + Pinhole com Bianca Moschetti. das 9h30  às 17h30; Oficina Guardadores de livros – encadernação artesanal e carimbos: das 9h às 13h

6 de outubro, o dia todo.

Mostra de Vídeo: Ponto de Fusão

6 de outubro, 14h: Intervenção Performativa LABMOVEL – Lucas Bambozzi

6 de outubro, 17h:  Performance de Improviso Audiovisual – Desosquestra Mundo Novo

7 de outubro, o dia todo.

Mostra de Vídeo: Circuitos Compartilhados

7 de outubro, das 14h às 17h

Oficina Modelo Vivo (Ateliê e entorno) – Bianca Moschetti .

8 de outubro, o dia todo.

Mostra de Vídeo: R.U.A.: Realidade Urbana Aumentada/UNESP

8 de outubro, das 9h30 às 13h30: Oficina de Monotipia – Madeiras de Descarte – Silvia Matos e Beth Scheneider

8 de outubro, das 14h às 17h:

Mesa Redonda: Poéticas Urbanas, A[r]tivismo e Novos Meios, com a participação de Rita Alves, Carlos Dias, Julio Lira/Mediação de Saberes, EDUZAL e Lucimar Bello.

Apresentação e mediação: Lilian Amaral

9 de outubro, o dia todo.

Mostra de vídeo: Zona de Poesia Árida

9 de outubro, das 14h às 17h

Mesa Redonda:  Residências Artísticas em Contexto Iberoamericano, com a participação de Lucio Agra e Rogério Nagaoka, Condomínio Cultural Mundo Novo, Hugo Fortes, Rodrigo Lourenço/SEU (Semana Exp. Urbana), Floriana Breyer/Guarda Chuva/EIA e Gabriela Leirias. Apresentação e mediação: Ângela Barbour

10 de outubro, [dia todo] Mostra de Vídeo: Zona Franca

10 de outubro, das 14h às 17h:

Mesa Redonda: Sistema Expandido e Mercado de Arte, com a participação de Fábio Delduque / Festival da Serrinha, Wagner Lugov / Central Galeria, Rosa Cohen, Ponder 70/Conrado Zanotto e Thiago Navas, Leandro Nerefuh/Rabio Mobile CCSP, Lygia Eluf e Claudio Garcia / GRUPO MALA. Apresentação e mediação: Oscar D’Ambrósio.

10 de outubro, 17h :Lançamento do Catálogo Co+Labor+Ação 1.  Performance  Ânsia e  Deriva com Andréa Barbour