Ponto de Encontro nos Bastidores do Museu Lasar Segall

Uma oportunidade única para conhecer os bastidores do Museu Lasar Segall. Aberto a pais de alunos, alunos e ex-alunos do Band.

Nosso próximo Ponto de Encontro será no dia 29 de agosto, quarta-feira, das 14:00 às 17:30. Esta visita ao Museu Lasar Segall será ainda mais especial, seremos recebidos pelas museólogas Pierina Camargo e Rosa Esteves, que apresentarão ao nosso grupo a reserva técnica do museu. Teremos ainda uma apresentação especial da coordenadora da Biblioteca, Mónica Inés A. de Garcia, sobre as principais temáticas do acervo da biblioteca.

Não deixe de se inscrever para esta programação imperdível, são apenas dez vagas, basta clicar aqui: Dia 29 de agosto, quarta-feira, horário: 14:00 às 17:30.

Lygia Pape e Mira Schendel no pátio

Na última sexta feira, dia 17 de agosto, alunos, professores e funcionários puderam presenciar alunos do 9º ano com um grande tecido branco entre suas cabeças; nele estavam registrados diversos versos.

O que ocorreu foi uma das intervenções artísticas organizadas pela estagiária de artes, e ex-aluna do Band, Claudia Ayoub. Essas intervenções têm a proposta de antecipar o Sarau de Poesia do 9º ano, que acontece no dia 29 de setembro, e será composto por poemas modernos e concretos produzidos pelos estudantes. “Pretendo fazer seis intervenções com os alunos até lá, duas já foram, e as outras ainda estamos discutindo”, explicou Cláudia.

A intervenção juntou duas artistas plásticas em uma obra. O pano branco era uma releitura reduzida do Divisor, de Lygia Pape. Essa obra foi feita especialmente para que as pessoas pudessem a repetir sem a necessidade da presença da artista. Foi o que aconteceu no pátio do Bandeirantes.

A outra artista representada foi a alemã Mira Schendel. Ela difundia a expressão gráfica da palavra, grafava as letras além do seu significado, explorando a palavra como desenho. Para reproduzi-la, os alunos escreveram versos próprios no tecido branco, e durante a intervenção, um aluno por vez lia um dos poemas em voz alta.

Fiquem atentos, as próximas sextas contarão com outras intervenções artísticas no Colégio!

Impressionismo: Paris e a Modernidade

 

O tocador de Pífaro. 1866. Óleo sobre tela. Édouard Manet.

Impressionismo: Paris e a Modernidade – Obras-Primas do Museu d’Orsay

4 Ago a 7 Out
Local: Subsolo, térreo, 1º, 2º, 3º e 4º andares | CCBB SP
Horário: Terça a domingo, das 10h às 22h

A exposição traz pela primeira vez ao País uma seleção de 85 obras-primas do acervo do Museu d’Orsay, de Paris, e ocupa todos os espaços do CCBB. A mostra, que reflete a história da pintura ocidental no período que compreende a segunda metade do século XIX e início do século XX, é dividida em módulos temáticos que apresentam as obras de Camille Pissaro, Claude Monet, Edgar Degas, Edouard Manet, Henri Toulosse-Lautrec, Paul Cézanne, Paul Gauguin, Pierre-Auguste Renoir e Vincent Van Gogh, entre outros mestres.

A curadoria é de Guy Cogeval, presidente do Museu d’Orsay; Caroline Mathieu, conservadora chefe do Museu d’Orsay e de Pablo Jimenez Burillo, diretor-geral da Fundación Mapfre.

Mais informações pelo site: http://www.bb.com.br/portalbb/home21,128,128,0,1,1,1.bb

CARAVAGGIO E SEUS SEGUIDORES

 

Medusa Murtola.1590. Michelangelo Merisi da Caravaggio. Galeria Uffizi, Florença, Itália. 

De 02 de agosto de 2012, quarta-feira, a 30 de setembro de 2012, domingo, no MASP.

A exposição em cartaz no MASP reune 20 obras-primas do mestre barroco e artistas por ele influenciados, os caravaggescos.
Pela primeira vez fora da Itália, a famosa Medusa Murtola (recentemente identificada como a “Medusa original”) e oRetrato do Cardeal poderão ser vistos de 02 de agosto a 30 de setembro de 2012 no 1º andar do MASP. Para o curador italiano Giorgio Leone essa será oportunidade única para o público brasileiro: “Das obras produzidas por Caravaggio em seus 38 anos de vida, apenas 62 chegaram aos nossos dias”.

Passando por diversas fases da vida do gênio, a mostra pode ser divida em três grandes blocos: trabalhos consagrados e conhecidos; novas descobertas; e obras “problema”, que ainda são objeto de estudo. Com curadoria de Fábio Magalhães no Brasil e Giorgio Leone na Itália, a exposição foi idealizada por Rossella Vodret, uma das principais autoridades em Caravaggio na Itália e chefe da Superintendência Especial para o Patrimônio Histórico, Artístico e Etnoantropológico e para o Pólo Museológico da Cidade de Roma. 

Av. Paulista, 1578. Acesso a deficientes. Horários: De 3ªs a domingos e feriados, das 10h às 18h. Às 5ªs: das 10h às 20h. A bilheteria fecha meia hora antes. 

Ingresso: R$ 15,00. Estudante: R$ 7,00. Até 10 anos e acima de 60 anos.

Às 3ªs feiras: acesso gratuito. 

Veja esta e outras e outras atrações no site: http://masp.art.br/masp2010/

Exercícios de olhar

Rodolpho Amoedo. Estudo de Mulher, 1884. Óleo sobre tela. 150 x 200 cm
Coleção Museu Nacional de Belas Artes | Ibram | MinC – Rio de Janeiro

Exercícios de olhar

Aracy Amaral
Curadora

O tema – figuras de costas – pode até ser visto como “reacionário”, se considerarmos que Werner Haftman já declarava na abertura da primeira Documenta de Kassel (1955) que “a imagem das coisas” não mais bastava “para apresentar a essência do homem”, afirmação que pode ser uma alusão definitiva à rejeição da figuração como forma de expressão artística. Mas o tema pode, por outro lado, ser apreciado como exercício instigante de leitura de trabalhos de artistas que utilizaram/utilizam, eventualmente ou com frequência, o dorso de figuras em suas composições.

Exposição: de 14 de julho a 21 de outubro de 2012
Horário: diariamente das 11h00 às 19h00
Fechado às terças-feiras

Veja a programação no site: http://www.museusegall.org.br/

Saiba mais
Leia o texto de Aracy Amaral Leia o texto de Aracy Amaral
Leio o texto de Jean-Claude Bernardet Leio o texto de Jean-Claude Bernardet
Leia o texto de André Toral Leia o texto de André Toral

Cine Segall

O Cine Segall renovou seus equipamentos e estrutura, proporcionando maior qualidade e definição na imagem. A programação contempla obras de cineastas da atualidade. Filmes de Arte e do Circuito Alternativo podem ser apreciados com frequência. Confira as obras em cartaz e faça sua programação. Ingressos: Inteira 10,00 – Meia 5,00

Maiores informações pelo site: http://www.museusegall.org.br/

Jovens Adultos                                                                                                                                           De Jason Reitman

Elenco: Charlize Theron, Patrick Wilson, J.K Simmons, Elizabeth Reaser
Sinopse: Charlize Theron interpreta Mavis Gary, uma escritora de literatura juvenil que retorna para sua cidadezinha natal para reviver seus dias de glória e tentar reconquistar seu namorado dos tempos de escola, agora casado e feliz (Patrick Wilson). Quando sua volta para casa se torna mais difícil do que ela imaginava, Mavis cria uma ligação fora do comum com um ex-colega (Patton Oswalt), que também ainda não superou totalmente o colegial.

Comédia | USA | 2012 | 94 min | 14 anos                                                                             

Horário: 19h10                                                                                                                          

Febre do rato
De Claudio Assis

                                                                                                                                      Elenco: Irandhir Santos, Nanda Costa, Matheus Nachtergaele, Angela Leal, Maria Gladys,
Sinopse: Febre do Rato é uma expressão popular típica da cidade do Recife que designa alguém quando está fora de controle, alguém que está danado. E é assim que Zizo, um poeta inconformado e de atitude anarquista, chama um pequeno tablóide que ele publica com o próprio dinheiro. Na cidade úmida e escaldante, enfiada na beira de mangues e favelas, Zizo alimenta sua pena, seu sarcasmo, sua grossa ironia. As coisas caminham de maneira descontrolada, mas ao mesmo tempo todas as relações estão estabelecidas em cima do mundo que Zizo criou e alimentou para si mesmo. Grande Vencedor do Festival de Paulínia 2011.

Ficção | Brasil | 2012 | 110 minutos | 18 anos

Horário: 17h00

Curso de Xilogravura no Museu Lasar Segall. Inscreva-se aqui!

O Colégio Bandeirantes, em parceria com os Museus Lasar Segall e MAM – Museu de Arte Moderna de São Paulo, oferece gratuitamente para nossos alunos e para crianças de instituições parceiras dois cursos imperdíveis: Introdução à Xilogravura e Pintura.

INTRODUÇÃO À XILOGRAVURA no ateliê de Lasar Segall

O curso de introdução à xilogravura é uma proposta de vivência de ateliê coletivo voltada ao público de 11 a 14 anos. As vagas são destinadas exclusivamente a alunos do Colégio Bandeirantes e alunos da Escola Estadual Lasar Segall, que integram o “Projeto Entorno” desenvolvido pelo Setor Educativo do Museu. Nossa proposta privilegia o estudo da técnica de xilogravura, seus processos de gravação, suas características de reprodutibilidade, refletindo sobre a obra de Lasar Segall e de artistas brasileiros que se dedicaram a esta técnica como forma de expressão.

Estruturado em onze aulas práticas, às terças-feiras das 8:30h às 11:30h, inclui três visitas educativas às exposições em cartaz no museu.  O curso é gratuito e acontece no ateliê do artista Lasar Segall, situado na Rua Berta, 111, na Vila Mariana, entre as estações Vila Mariana e Santa Cruz do Metrô.

Clique aqui e faça sua inscrição para participar. (apenas para os alunos do Ens. Fundamental do Colégio Bandeirantes)

Informações Gerais sobre o Curso de Iniciação à Xilogravura (Atividade Gratuita)
Professora: Gisele Ottoboni
Faixa Etária: 11 a 14 anos (Ensino Fundamental II)
Horários das Aulas: Terça-feira – Manhã – 8h30 às 11h30
Visitas Educativas: Três visitas orientadas pelo Setor Educativo do Museu Lasar Segall
Vagas: 10

Calendário das atividades:

Agosto Setembro Outubro
04 terça-feira – Aula 3 02 terça-feira – Aula 7
21 terça-feira – Aula 1 11 terça-feira – Aula 4 09 terça-feira – Aula 8
24 sexta-feira – Visita Educativa. Aguardamos confirmação* 18 terça-feira – Aula 5 16 terça-feira – Aula 9
28 terça-feira – Aula 2 25 terça-feira – Aula 6 23 terça-feira – Aula 10
31 sexta-feira – Visita Educativa. Aguardamos confirmação* 20 sábado – Encerramento. Atividade em Família e entrega de certificados.

 

 

Ponto de Encontro – Inscrições abertas

Ponto de Encontro é uma programação aberta para pais e alunos do Colégio Bandeirantes que desejam conhecer mais sobre os museus de Arte de São Paulo. O programa contempla a história das instituições visitadas, seus protagonistas, sua arquitetura, programação cultural e acervos.

Neste bimestre faremos três visitas ao Museu Lasar Segall, sempre com o apoio do Setor Educativo, nosso grupo desfrutará das exposições, programação de cinema, e atividades de ateliê.

Informações Gerais
Ponto de Encontro – Cafeteria do Museu
Público alvo: Ensino Médio
Dez vagas por

Well exclamation for shaving. I you geneticfairness.org hydrated active qualities it weirdly it something.

horário
Inclui ingressos para o Cine Segall
Certificado de participação
Orientação: Gisele Ottoboni e Paula Selli.

Escolha um dos horários, clique, e inscreva-se!

Dia 15 de agosto, quarta-feira, horário: 14:00 às 17:30.
Dia 29 de agosto, quarta-feira, horário: 14:00 às 17:30.
Dia 26 de setembro, quarta-feira, horário: 14:00 às 17:30.

Confira a programação do museu pelo link: http://www.museusegall.org.br/

Reflexão – Painel de Di Cavalcanti no centro de SP sofre com deterioração

Neste sábado, dia 04 de agosto, o jornal Folha de São Paulo publicou uma matéria sobre a deterioração que sofre o painel de Di Cavalcanti localizado no centro da cidade. Na esquina das ruas Quintino Bocaiuva e José Bonifácio, o edifício Triângulo foi projetado por Oscar Niemeyer na década de 1950, e seu hall e o mural foram tombados pela prefeitura em 2004. O painel já havia sido danificado em 1990 e restaurado precariamente, segundo a Folha, agravando o processo de danificação da obra.

Obra danificada de Di Cavalcanti, que reveste o edifício Triângulo no centro de São Paulo.

 

A existência desconhecida de diversas realizações arquitetônicas e artísticas de grande relevância só na cidade de São Paulo é incontável, elas fazem parte de um acervo de preciosidades da arte brasileira, e devem ser estimadas e reconhecidas pelas pessoas e por aqueles responsáveis por sua manutenção e cuidados. Segundo a Folha de São Paulo, “O DPH (Departamento do Patrimônio Histórico) da prefeitura informa que vai avaliar o estado do painel e notificar o condomínio. Segundo o órgão, o edifício Triângulo pode buscar recursos em programas governamentais de incentivo à cultura para restaurar o painel.” A matéria pode servir de inicio para uma reflexão essencial: como olhamos para o nosso patrimônio cultural ? Qual é a relação que estabelecemos e que podemos estabelecer com ele ?

Para aqueles que só conhecem de nome, Di Cavalcanti foi um pintor, ilustrador, caricaturista, gravador, muralista, desenhista, jornalista, escritor e cenógrafo brasileiro. Nascido no Rio de Janeiro em 1897, o artista foi um dos idealizadores da Semana de

Color-preserving since so it brows hydro-cortisone viagra that the straight-ahead make hair share don’t.

Arte Moderna em 1922 e é tido como uma das maiores referências para todo o grupo modernista, assim como para a história da arte brasileira.

Di Cavalganti pintando com Ziula, déc. 40.

Abigail, 1947.

Quem quiser saber mais sobre o artista entre no site oficial : http://www.dicavalcanti.com.br/

 

 

 

 

Fontes:

http://www.Itaucultural.org.br

http://www.dicavalcanti.com.br

http://www1.folha.uol.com.br/